Resurgir das cinzas

Fênix, uma ave que o ser humano encarna a cada momento,tentando começar algo novo.Eu posso dizer que estou em faze bebê dessa ave.Além desse dia especial, aniversário, que nos obriga a pensar em todos os momentos chaves desse último ano, me traz um novo cheiro: juventude.Renascer é envelhecer, sabendo olhar e aprender com tudo a sua volta, você estará em constante inércia de crescimento.Hoje com 17, me vejo sem idade definida, ás vezes: tomo atitudes como adulto, me divirto como uma criança e fico ranzinza como um velho.
Esse ano foi grandioso.Meio piegas: cresci, chorei, sorri, e passei por experiências utilmente únicas, que todos passaram, passam ou passarão.Esse blog é o próprio exemplo escrito de como a minha vida foi turbulenta, mas uma vida SEM desafios e lombadas é sinônimo de infelicidade.
Agradeço a TODOS que passaram por minha vida nesse ano, se a sua participação foi apenas:"Oi e ai?", pode ter certeza que o meu interior mudou com essa frase
Então obrigado, vocês foram inesqueciveis e insubstituíveis.

3 comentários:

André Walker disse...

Eu acho foda! essa ideia de fenix!... De coisas e pessoas que renascem de tempos em tempos...!

Bruna Landim disse...

Aí! VOltou!! ahahh.. e com grande estilo.. fênix é um puta símbolo, o preferido da Clarice Lispector, - a escrita da fênix,- do surgimento das cinzas. Seja bem-vindo outra vez! um abraço.

Garotinha Ruiva disse...

Olha só, eu acho que eu, como sendo a pessoa mais especial que vc conheceu esse ano....RSSS
bom, deixa quieto, vim parabenizá-lo po tudo: pelo seu crescimento, pela sua sede de conhecimento e de vida e pelo retorno ao blog. A vida é cíclica, e realmente, o renascimento combina com retorno ao blog. Feliicidades.

Postar um comentário