Livros teatrais!

Livros que leio nas quartas feiras.
Andre Henrique -Que livro é esse?O modo de escrita varia:uma hora está cheio de metáforas, outra dando pitacos em seus próprios parágrafos e em outra dá conselhos sábios.Um livro sem fim, está sempre colocando algo sobre algo.A capa é meio intimidadora, mas é só uma capa, porque a história é totalmente adverso ao que está por fora.Mas não adianta procurar na Saraiva, que esse é um livro que escolha os leitores.
Gisela - Capa com ar superior, esbanjando sedução.Mas como sempre, não julgue um livro pela capa, tome cuidado pra não achar que a história é de uma garota sempre forte e autosuficiente , porque esse livro também precisa de leitores dedicados e que entendam sua história.
Daniel(Dani) - Ele primeiro vê em q livraria está, para saber o que pode fazer, mas depois q se acostuma com os leitores e ambiente, se destaca e sua história vira sucesso.
Djéssyka - Capa totalmente maleável,se contorce em vários movimentos sinistros.É um amor de história, simplesmente apaixonante, e quando não consegue q as pessoas a leiam, fica irada.
Andre e Leandro - livros q nos mostram q não existem barreiras, está tudo na nossa cabeça.
Ana - livro didático de teatro, explica muito bem essa arte misteriosa.Quando um leitor/ator está com dúvida e insatisfeito com algo, é só consultá-lo, eu já fiz isso, e as palavras que li foram inspiradoras a continuar lendo, porque o que ele diz não são palavras soltas em páginas
Malu - livro de princesa moderna, um livro q não te faz sonhar, mas que sonha sozinho.
Jana - um livro q não tem medo de mostrar a que veio, vai lá e faz mesmo.Muito conteúdo, aprendi com ele esses dias uma palavra difícil e coisas mais.Quando está chateado com algum leitor, não "fala", apenas muda o seu modo de mostrar a história.
Taína - seu conteúdo didático ficou balançado por um tempo, mas ele percebeu a besteira q fez e está correndo atrás do prejuízo, querendo também pertencer a uma partileira de destaque.A protagonista aparenta grande pacifidade, mas tem um gênio bem forte e carismático.
Nathalie - ao primeiro ponto parece sem grande conteúdo, com uma capa bonita, mas chegando no meio da história você percebe que ele tem opinião e quer chegar entre os mais lidos.
Bruna - conteúdo rico, sabe muito bem usar as palavras para contar suas histórias.Talvez você fique meio perdido, porque o começo pode estar no fim e vice versa, mas como a maioria dos poemas, você não deve entendedo-lo, e sim senti-lo
Isabella (Bella) - você se engana com esse livro.Acha q sua capa é sensível, e a história precisa de ajuda pra ser escrita, mas não.A protagonista é forte, mas tem um certo receio de usar a sua força.


7 comentários:

Garotinha Ruiva disse...

Adorei a descrição, até porque, só você poderia me descrever assim, e vc sabe o Porquê deste porque!
Obrigada pela força e pela sua amizade!
Eu não esperava menos de vc na sua descrição ds livros...Mas olha, fiquei com ciúme por causa do André viu, vc descreveu tantas linhas rsss
^.^
Adoreiii

André Walker disse...

Obrigado pela parte dos "conselhos sábios"...
Mas... se falar outra vez que eu tento intimidar os outros eu arranco sua cabeça! (brincaderinha) ^^

André Walker disse...

Obs: eu tinha pensado ontem em faz umas descrições desse tipo, mas as pessoas tem o dom de se assustar com as coisas que eu falo O.o acho que voê provavelmente tem uma maneira melhor de escrever sobre isso! ^^
fui...

Nemoperfectlove disse...

Por ser tão incômodo e intrigante, todos querem um exemplar. Porém, a edição é restrita à alguns leitores, e por mais que lêiam com disciplina nunca saberam o final.

R' Delights disse...

"Isabella (Bella) - você se engana com esse livro.Acha q sua capa é sensível, e a história precisa de ajuda pra ser escrita, mas não.A protagonista é forte, mas tem um certo receio de usar a sua força."

Mero engano meu querido... o q vc chama de livro Weslley, desculpa, é uma VIDA... De capa, com certeza sensível (não é alguém que mal conhece ela que pode dizer o contrário),modestia a parte, sua história está sendo CAPRICHOSAMENTE escrita, por ela e por quem REALMENTE a AMA e CONHECE oq pra alguns é descrito como livro. Sim ela é forte... e sabe usar sua força melhor que ninguem! Desculpa ter q descordar, mas com certeza EU conheço ela MELHOR QUE NINGUÉM! E não são as suas Quartas-feiras e sentimentos muitas vezes amargos por não conseguir o q vc quer q falarão outra história! Lámentável!

Obs: Isso não é uma opinião, é uma certeza, que só alguns conseguem enxergar meu querido, ou seja, eu e a família dela, sem contar uma ou duas AMIGAS dela!
Abraço!

Bruna Landim disse...

Ei, meu querido.
É um prazer, ser descrita assim. As quartas-feiras, - tão poucos dias, são momentos suficientes para nos tornar eternos. Pois o que aprendemos por lá no teatro, ninguém nos tira.É uma coisa que só vivendo, para saber. Um bjo.
Obrigada, pela homenagem. Agradeço com muito carinho.

Dan Potter disse...

Nossa, você é mesmo observador... Eu concordei com quase todas as descrições... Algumas eu nem tinha me dado conta de que era assim e agora percebi...

Gostei do livro que você viu em mim hehehe... Principalmente da parte de que a história vira sucesso.

xD

Postar um comentário